domingo, 3 de março de 2013

Cansaço Mental


Bom dia, queridos parceiros e seguidores do Tangram das Ideias.

O post de hoje não é bem uma reflexão, como costumo desenvolver, mas sim uma explicação.

Há dias venho tentando escrever e me sentindo na obrigação de dar uma satisfação a vocês pela minha ausência, mas só hoje percebi que Fevereiro se passou sem que eu tivesse publicado pelo menos um post, o que eu nunca deixei acontecer desde a criação deste blog... E sinto muito por isso!

Quero que saibam que eu não abandonei e muito menos desisti do Tangram, continuo verificando diariamente se os outros tangrans publicaram novos posts, lendo tudo o que é publicado e tentando incentivar a todos, na medida do possível, para continuarem escrevendo. Eu e o Alexandre temos pensado em mudar algumas coisas, dando uma nova cara ao blog, mas para que isso aconteça precisaremos da participação de todos, inclusive de vocês, leitores, com suas sugestões e comentários.

Desde o ano passado venho enfrentando um momento tumultuado no trabalho e isso está afetando a minha vida pessoal, estou sempre muito cansada e sem disposição para nada, para sair com os amigos, pedalar e até mesmo para escrever, o que exige concentração e criatividade, que estão me faltando nesta fase... Mas que vai passar, tenho certeza! Escrever faz parte da minha vida e continuará sendo assim até o fim dos meus dias, o que eu espero que esteja muito longe... rs.

O meu lado otimista me faz acreditar que tudo tem o seu lado bom nesta vida! E acredito que neste caso seja o exercício de autoconhecimento, a percepção da minha capacidade de adaptação em períodos de pressão e esgotamento mental, o conhecimento dos meus verdadeiros limites e a minha determinação para superar tudo isso.

Contudo, percebi que o cansaço mental é muito mais desgastante que o cansaço físico, quando você se recupera com uma boa noite de sono, já na primeira situação, não basta dormir, pois a qualidade do sono é ruim, você sonha com os problemas e acorda tão cansada quanto antes. Se recuperar desses momentos exige um pouco mais de tempo e paciência... O que eu espero que todos vocês tenham comigo!

Obrigada por me acompanharem até aqui! Espero continuar contando com a participação de todos!

Um grande abraço!


6 comentários:

Guedes disse...

Tô nessa fase tbm Lu! Criatividade zero e cansaço mil. Sairemos dessa!!! Hehehehe... Bjim!

Lucimara Fernandes disse...

Com certeza, querido!
Sempre juntos!!!
bjs

Alexandre Cimatti disse...

Oi, Lucimara!

Estou em inteira afinidade com que você sente e passa: também tenho escrito menos, e acho que o principal motivo é esgotamento provocado pelo trabalho e os cuidados cotidianos. Mas saiba que continuo leitor assíduo de seu blog.

Até!!

Lucimara Fernandes disse...

Oi Cimatti!
Com o seu comentário e o do Bruno vejo que eu não sou a única a passar por este momento esgotamento... Mas sabemos que nós, escritores, superando as nossas dificuldades, sempre voltaremos a escrever!
Obrigada pelo apoio e pela participação constante!!
Um abraço!!

André Bianc disse...

Cara Luluzinha! Eu entendo perfeitamente bem o que ocorre com vc, eu estou nesta fase desde agosto do ano passado, sem forças, me arrastando, sem vontade de pensar e sem querer sequer ouvir a voz humana. Estou distante, mas sempre criando no Facebook o nosso Sarau dos Sábados. O último, reuni forças e fui, e não me arrependi, foi muito bom. Vejo que não estou sozinho nesta. Beijão!

Lucimara Fernandes disse...

Oi Andrézito!
Que bom te ver por aqui outra vez! Pois é, não estamos sozinhos... Só espero que esta fase termine logo para todos nós... Precisamos escrever!!! rs
Quanto ao sarau, eu nunca mais fui... Mas qualquer hora a gente se reúne em outro evento outra vez!
Grande beijo!! E obrigada pela visitinha no blog... rs.