domingo, 10 de junho de 2012

Paixão Antiga

Todos os dias venho me deparando com antigas histórias de amor que, em um determinado momento da vida, recomeçam do ponto onde ficaram perdidas no passado... E analisando os fatos percebi que isso é algo que sempre aconteceu, desde o início dos tempos, como podemos observar na história da humanidade através da música, da literatura, do cinema ou mesmo das novelas atuais, a arte e a vida sempre se confundem mostrando a força de uma antiga paixão.

Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle foram muito felizes ao escrever que uma “paixão antiga sempre mexe com a gente” e mais ainda quando completaram a frase dizendo que “é tão difícil esquecer”! Eu, na verdade, trocaria o “tão difícil” por “impossível”, pois não acredito na possibilidade de esquecer um sentimento tão forte assim... Mas a música, Paixão Antiga, fez tanto sucesso na voz de Tim Maia que se tornou um hino para aqueles que já reviveram uma história de amor. 

Um grande amor ou uma forte paixão, iniciados na infância, na adolescência, na juventude ou mesmo na fase adulta, mas que, de alguma maneira, ficaram mal resolvidos ou que não tiveram a oportunidade de serem vivenciados, jamais são esquecidos! Podem ficar guardados em algum cantinho do nosso coração ou da nossa memória, mas nunca serão apagados!  O casal pode se separar, o tempo passar, suas vidas mudarem, mas sempre que os seus caminhos voltarem a se cruzar eles viverão as mesmas emoções do passado, sentirão um frio no estômago, as mãos frias, o coração disparar e a esperança de reviver aquela história!

Infelizmente, na maioria das vezes, esses encontros não passam de breves instantes, quando um deles ou até mesmo os dois já estão em outros relacionamentos, com a vida estabilizada, e simplesmente trocam olhares ao se encontrarem nas ruas. Mas quando o destino oferece uma oportunidade a este casal permitindo que os amantes possam reviver a mesma história, recomeçando do ponto em que pararam, duas coisas podem acontecer: eles podem descobrir que tudo não passava de uma ilusão, que realmente as coisas mudaram, que eles já não são mais os mesmos e, finalmente, colocarem um ponto final na história, ou dar continuidade ao romance, fortalecendo o sentimento que guardaram em silêncio por tantos anos. Neste caso, quando têm a oportunidade de reviver o amor do passado, nada e nem ninguém pode separá-los. O sentimento até então guardado, a sete chaves no fundo do baú, volta à tona com toda intensidade, transformando a vida do casal.

O tempo e a distância que os separaram são os mesmos que os mantém ligados e que um dia os aproximam. Histórias de amor mal resolvidas no passado ficam martelando a nossa cabeça até serem resolvidas ou vivenciadas. A falta de oportunidade de viver esta história dá asas à imaginação e os amantes passam a vida lamentando aquilo que não viveram e imaginando como a relação poderia ter sido, o que só potencializa o sentimento. Quando isso acontece, ao se encontrarem, o sentimento que muitas vezes parece adormecido volta muito mais forte, consolidando a união do casal.

Reviver uma história de amor é um presente que a vida dá aqueles que valorizam os sentimentos, que respeitam as relações, que acreditam no sonho e, acima de tudo, no amor, e que buscam um final feliz para as suas vidas.

Se você teve a sorte de reviver uma antiga história de amor, valorize este momento e aproveite a oportunidade que a vida está te dando de ser feliz outra vez!


9 comentários:

Regina disse...

E se o amor é de um passado muito distante , ao ponto de atravessar vidas?? Sentimento nunca morre,apenas adormece lá no inconsciente pra na hr "sempre" certa despertar novamente.A vida está sempre nos surpreendendo com os encontros e reencontros para os devidos acertos. Nada fácil viver!! Mas absolutamente empolgante.
Bjão lindona

Lucimara Fernandes disse...

Oi Rê!
Também acredito nisso, que o amor pode vir de vidas passadas... Eu nem entrei neste mérito porque nem todos acreditam, né?
Realmente, não é fácil viver... Mas é justamente esses reencontros que as voltas da vida nos proporcionam que deixam a nossa vida mais bonita a mais fácil de ser vivida!!
Um grande beijo pra você também e obrigada pela participação!

danilo ( alma do bem ) disse...

Olá amiga adorei a postagem, parabens mais uma vez....realemente as vezes as pessoas voltam para nos dar mais animo na vida, seja para o bem ou para nos fazer melhor..se o amor continua não sei...mais a experiencia fica ...bjs

Lucimara Fernandes disse...

Oi Danilo!!
Obrigada! Eu sempre acredito que as mudanças que ocorrem em nossas vidas são para melhor! E quando elas acontecem baseadas no amor nos proporcionam felicidade! Mas se tudo for ilusão, que fique a experiência! Só não podemos, por medo de tentar, deixar de viver! Eu sei que tenho uma visão romântica da vida, mas acredito que por amor tudo vale à pena!
Adorei a participação!
Beijos

Marli disse...

Oi Lu, finalmente consegui abrir sua página. Eu acho que vc deveria fazer psicologia, pois já escreve como psicóloga. Vejo vc trabalhando numa revista dando dicas para as pessoas.
Parabéns pelo texto!

Lucimara Fernandes disse...

Oi Marlizinha!
Obrigada amiga!!! Quem me dera... Sabe que a minha segunda opção quando fui fazer faculdade era Psicologia? Mas acabei optando por comunicação... Agora, quanto a trabalhar numa revista seria bem legal!!! Quem sabe? rs
Obrigada pela participação e pelo comentário!
Estou com saudade de você!! Precisa vir logo ao Brasil!!
Beijos

MÁRCIO VACCARI disse...

Oi, Lú!
Seu texto vem de encontro ao meu momento.
Reencontrei uma antiga paixão.
Bom falar contigo.
Beso.

Lucimara Fernandes disse...

Oi Vaccari!!
Que surpresa boa te ver por aqui!
Fico feliz que tenha se identificado com o meu texto e que esteja vivendo esta experiência! Aproveite ao máximo este momento e seja feliz!
Grande beijo!

Hudson Rodrigo melo disse...

Sábias palavras! Lucimara

Com certeza!! o sentimento da paixão verdadeira, nunca deixa de existir, simplesmente pode ser despertada a qualquer momento!

Adorei seu texto ;)
Parabéns!!